| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 340 { professores: 0 | editores de blog: 0 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 4 }

Estreia da semana
A Mão que Afaga,
[Passe o mouse para mais informações]
Mãe só há uma
 


Durante o dia, Estela trabalha como atendente de telemarketing, à noite, ela vive em casa com seu filho prestes a completar 9 anos. Desse contexto, surge o premiado curta em estreia A Mão que Afaga, dirigido por Gabriela Amaral Almeida. Nele, um híbrido entre comédia e melancolia envolve com precisão cada plano do filme.

O paradoxo central da narrativa está justamente na profissão da personagem. Embora ela fale com incontáveis pessoas ao longo do dia, suas relações pessoais parecem não existir. A diretora destrincha a pressão social vivida pela mulher, somada à interpretação surpreendente da atriz Luciana Paes. Tons sóbrios do filme culminam na sequência final, onde o afeto da personagem aflora com algo inesperado.

A subjetividade da relação entre mães e filhos também se faz presente nos filmes em destaque. Assista Menino Peixe, Ensaio, Eletrodoméstica e A Origem dos Bebês Segundo Kiki Cavalcanti. Boa sessão!



Destaques
No começo, todo bicho é peixe. E depois, algum vira gente. Ou sonho.
Uma história de amor e carinho entre mãe e filho.

Classe média, anos 90, 220 Volts.
Comédia sobre a vida amorosa de um casal não muito amoroso, visto pela ótica infantil de sua filha.

Roleta
Tente a sua sorte e assista a um filme aleatório!