| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 267 { professores: 0 | editores de blog: 0 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 3 }

Estreia da semana
Abigail,
[Passe o mouse para mais informações]
Curtas brasileiros exibidos em Cannes
 


As diretoras Isabel Penoni e Valentina Homem embarcam na vida e memória de Abigail para construir o curta-metragem em estreia. O filme foi o vencedor do prêmio aquisição Porta Curtas e Canal Curta! no 27° Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, além de ter sido exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes.

Abigail Lopes atuou como indianista e se integrou fortemente ao candomblé. No passado foi casada com o sertanista Francisco Meireles, que a introduziu no projeto de pacificação dos índios Xavantes do século XX. No filme, solitária em sua casa, ela se mostra arrependida de ter feito parte desse projeto - um movimento político para fins de mediação do território indígena.

Antes de morrer Abigail viveu sozinha em uma grande casa no Rio de Janeiro e os cômodos de lá revelam a existência de um terreiro, que abandonados, carregam um clima de mistério. Esse é o contexto percorrido pela direção inovadora do curta. A câmera se entrega nas lembranças que moram com ela, junto a registros de vídeos antigos e uma narração sensível sobre a vivacidade feminina que movimentou suas ações.

Em destaque, outros quatro filmes brasileiros que foram exibidos no Festival de Cannes. Assista Muro, Pouco mais de um mês, Saliva e Vinil Verde. Boa sessão!

Destaques
Alma no vazio, deserto em expansão.
No começo é assim mesmo.

Uma viagem na mente de uma menina de 12 anos prestes a dar seu primeiro beijo. Dúvidas e medos mergulhados em saliv...
Mãe dá a Filha uma caixa cheia de velhos disquinhos coloridos. A menina pode ouvi-los, exceto o vinil verde.

Roleta
Tente a sua sorte e assista a um filme aleatório!