| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 148012 { professores: 0 | editores de blog: 0 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 5 }

Comentários
Manual para Atropelar Cachorro

Ficção, Conteúdo Adulto | De Rafael Primo | 2006 | 18 min | SP

46 Comentários
Por Bruno Batista - Usuário | 26/03/2011

Me lembra o conto do Rubem Fonseca em que um bacana atropela pessoas com seu Jaguar. Bem fez Rubem Fonseca em não por karaokê na história.
Por João Menna Barreto - Usuário | 05/11/2010

Votei *** Começa muito bem. Mas a partir das cenas sobre o japonês que matou seu cachorro e etc. o filme perde fôlego. Ainda acontecem boas cenas depois, mas muitas fracas também. O filme me pareceu aquém do potencial do argumento; tenho dúvidas sobre se a abordagem escolhida foi a mais adequada.
Por Vander Colombo - Usuário | 28/02/2010

Ótimo curta, nos moldes dos contos de Rubem Fonseca. Estranho que dele pouca gente reclame. Talvez seja bom as dondocas lerem um pouco mais antes de destrinchar ofensas absurdas para com o artista.
Por JULIO CESAR MARTINELI - Usuário | 28/01/2010

Não pude votar o filme. Mas, foi fantástico.
Por Elias Zeminoi - Usuário | 28/01/2010

Gostei muito. Um bom roteiro e interpretações eficientes. As ditas " cenas apelativas" estão todas no contexto narrativo.
Por Jéssica Frabetti - Usuário | 28/01/2010

Muitos filmes hoje em dia colocam cenas apelativas como chamariz e eu achei que esse filme soube usar cenas, talvez um pouco apelativas, na dosagem certa. E eu não acho que todo filme tenha que passar uma super mensagem e que seja universal... Todo filme é uma expressão artística e pode passar infinitas ideias, ou não. Isso depende de quem assiste e do que sabe aproveitar das coisas. E esse filme está de parabéns. Final bem "amarrado", hehe. Gostei :)
Por Pablo Bandeira - Usuário | 28/01/2010

Bom demais.
Por Bruno Amaral - Usuário | 28/01/2010

Me perdoem Srs. Críticos. "Ahhhhh vocês não conseguem interpretar a mensagem que o curta passa." Me expliquem! Porque 90% do que é feito no cinema nacional, sempre tem cenas de nudez ou sexo, desnecessariamente? Por que? Ridículas as cenas de atropelamento. Uma coisa é o personagem "pensar" em atropelar, outra é mostrar atropelando. Se a moda pega, vão começar a atropelar pessoas idosas no sinal! "Manual para Atropelar Vélhinhas!"
Por toniolo neto - Exibidor | 28/01/2010

Isto não é um comentário, é um pedido apenas: quero assitir doce Amargo, o novo do Rafael Primot! Valeu!
Por Romulo Gustavo dos Santos - Professor | 28/01/2010

Esperava mais... acho q filme nao deve se explicar... tem q ser igual a um palco coberto por uma bela cortina, onde no final, ao arrancarmos, nos surpreendemos.

Páginas: 1 2 3 4 5