| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 650126 { professores: 5 | editores de blog: 0 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 20 }

Comentários
O Dia em que o Bambu Quebrou no Meio

Documentário | De Arthur Muhlenberg, Pedro Asbeg | 2005 | 10 min | RJ

14 Comentários
Por Hevelyne Figueiredo - Usuário | 28/08/2014

Emocionante...
Por CLOVIS ROBERTO BARBOSA - Usuário | 03/04/2013

MUITO BOM, MUITO PHÔDASTICO..............
Por Marcio - Usuário | 28/01/2010

Ótimo documentário, que apesar de muito triste, pois foi a partida do nosso defensor, o defensor da minoria marginalizada, ainda assim notamos que Bezerra da Silva tem uma gama infinita de amigos e admiradores anônimos, e orgulhosamente tenho o prazer de dizer que sou um deles... Descansa em paz bom malandro!
Por Patricia Carmo - Usuário | 28/01/2010

M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!
Por Ivone Souza - Usuário | 28/01/2010

Este documentário mostra a real raiz do samba, sem enfeites e nem fantasias. Mostra os verdadeiros sambistas. Apesar de ser um velório, porém no mundo do samba o velorio de sambista é desta forma.
Por Sue Menezes - Usuário | 28/01/2010

Bela homenagem, ainda que póstuma. Valeu, pelo samba brasileiro e pela feição nacional que ele logrou na voz e composições de Seu Bezerra!
Por Alan Dias Fernandes - Usuário | 28/01/2010

arrepia. sem mais.
Por Maria Auxiliadora pereira - Usuário | 28/01/2010

Muito boa a homenagem a este grande sambista!! Escutava-o desde de quando ainda era criança. Minha mãe amanhecia nos fins de semanas escutando-o. E acho que foi isso que me fez hoje aos 27 anos ser uma apaixonada por samba. Hoje moro fora do Brasil, mas procuro sempre escultar o melhor da nossa música. Voltando a falar do filme, faltava só um pouco mais de iluminaçao e também mostrar algumas imagens do Bezzera em vida, mostrando um pouco de sua alegria de viver, como acontece com o povo brasileiro menos privilegiado, que mesmo com todas as difculdades não perdem a esperança de um País melhor. Parabéns, diretores!! Agora só mais uma sugestão: porque não montar um outro curta, mas dessa vez um pouco mais longo e convidando alguns novos nomes do samba psra fazer uma homenagem ao nosso grande Bezzerra da Silva. Grazie!
Por yoman bittencourt - Usuário | 28/01/2010

Um enterro é sempre triste, e pareceu-me que o Dicró teve razão quando afirmou que aquilo já estava virando festa. O que levou os autores, Pedro e Arthur, a não registrarem o rosto do Bezerra? O samba crítico e as favelas, mais uma vez, estão de luto, "O dia em que o bambu quebrou no meio" pede o "silêncio de minuto". Perguntaria aos autores se eles poderiam desenvolver um curta sobre as "favelas coloridas". Parece que o tema antigo e debochado da "miséria colorida" está de volta. O samba Favela Amarela já criticava esta enganação. Estarão agora os dirigentes sociais reavivando esta enganação?
Por Neni Glock - Usuário | 28/01/2010

Interessante! Pena são os parcos recursos visuais.

Páginas: 1 2