| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 491428 { professores: 0 | editores de blog: 5 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 38 }

Comentários
Vox Populi

Ficção | De Marcelo Laffitte | 1997 | 19 min | RJ

10 Comentários
Por monica viana - Usuário | 28/01/2010

Excelente, prende o espectador do começo ao fim, o final é surpreendente o máximo parabéns nota 1000
Por Eliani Teresinha Borba - Professor | 28/01/2010

*.*
Por Sinval Castilho Basso - Usuário | 28/01/2010

Muito bom filme. Roteiro surpreendente bem ao estilo dos filmes de Pedro Almoldovar. Parabéns.
Por daniel dourado - Usuário | 28/01/2010

O roteiro prende do início à penúltima cena. O tiro no final é absolutamente desnecesário para a narrativa. Faltou sutileza ou duvidou-se do público.
Por Luiz Zenda - Usuário | 28/01/2010

O achado da anedota não justifica os erros primários de direção. Erros de campo e contracampo como os da sequencia do armazém são inadmissíveis. Por isso é que qualquer um acha que é diretor de cinema...
Por wellington calazansa - Usuário | 28/01/2010

adorei o curta, muito criativo. Maite Proença está simplismente maravilhosa e pode mostrar um personagem diferente de tudo que já fez. nota 1000!!! well calazansa.
Por Helon Belmiro Sampaio Bacellar - Usuário | 28/01/2010

Quantas pessoas foram assassinadas pela mesma falta de motivo? Quantas pessoas famosas, no Brasil, diante de acusações como estas ou maiores, foram absolvidas? Até quando contiuaremos aceitando crimes famosos e penalizando pessoas inocentes?
Por José Machado Moita Neto - Usuário | 28/01/2010

O fragante pareceu artificial, talvez pelo desejo de manter o suspense até o final. O juri tenta preservar seus valores acossados pelos advogados. Estes tentam convencer, teatralmente se necessário, juiz e jurados. A verdade, se existe, é um detalhe a mais no processo.
Por Eduardo Monteiro - Usuário | 28/01/2010

Achei bem legal, a fotografia é nota 10 e o roteiro nota 8. Os atores estão ótimos. Principalmente o eriberto Leão e o stephan Narcesian
Por jonice m motta - Usuário | 28/01/2010

Parabéns, fico pensando quantas esposas não morreram desta forma. Cordialmente, Jônice M Motta Vitória ES