|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 18 { professores: 0 | usuários com coleções públicas: 0 }

Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.

A arte como fato histórico contextualizado nas diversas culturas


Plano de Aula do Filme Maré Capoeira | Ficção | De Paola Barreto Leblanc | 2005 | 14 min | RJ


A capoeira
É um jogo, é um brinquedo,
É se respeitar o medo,
É dosar bem a coragem
É uma luta,
É manha de mandingueiro,
É o vento no veleiro,
Um lamento na senzala
É um berimbau bem tocado,
É um corpo arrepiado,
Um sorriso de menininho

A sociedade brasileira é formada por diversas etnias, um verdadeiro mosaico cultural. Um dos grandes desafios da Educação é formar cidadãos que entendam e valorizem essa diversidade cultural.
É histórica a capacidade do ser humano de querer exercer sua soberania em relação às outras etnias. Guerras foram e são travadas, minimizando nossa civilidade.
Para entender o legado de nossa complexidade cultural é preciso conhecer a contribuição de cada povo. É necessário resgatar o sentimento de inclusão em oposição à exclusão.
De acordo com o PCN sobre Pluralidade Cultural:
"Pluralidade Cultural quer dizer a afirmação da diversidade como traço fundamental na construção de uma identidade nacional que se põe e repõe permanentemente, e o fato de que a humanidade de todos se manifesta em formas concretas e diversas de ser humano."
O site
www.portacurtas.com.br tem vários curtas que vêm ao encontro dessa necessidade da escola, como é o caso do filme Maré Capoeira, que traz o relato de um menino e sua paixão pela capoeira.
A capoeira é uma dessas heranças culturais de nossos ancestrais africanos.
A capoeira é uma dança, uma luta, um jogo ao ritmo da música proveniente de berimbaus, reco-recos, atabaques com sons de cânticos e palmas dos participantes . Cada um cumprimenta seu adversário e entra na roda, com gingado e movimentos precisos. É um conjunto harmônico no qual quem está fora ou dentro da roda, participa.
Essa manifestação cultural tem em sua história muita perseguição. Lutou-se muito para que os preconceitos caíssem por terra. Havia uma relação sócio-econômica cultural com essa perseguição? Qual seria o status-quo da capoeira se ela fosse criação dos brancos? São questões para serem pesquisadas, analisadas, debatidas pelos alunos.
Quem são os ídolos de Maré Capoeira? O que Mestre Bimba e Pastinha fizeram pela história da Capoeira?
O filme é um convite a um mergulho na história cultural de nosso país, a um encontro com a pluralidade, contribuindo para construir o respeito à singularidade de cada povo, de cada cidadão.




Objetivos
- Compreender e saber identificar a arte como fato histórico contextualizado nas diversas culturas, conhecendo respeitando e podendo observar as produções presentes no entorno, assim como as demais do patrimônio cultural e do universo natural, identificando a existência de diferenças nos padrões artísticos e estéticos
- Estudar a capoeira como manifestação artística e que tem uma história que compõe a identidade cultural de nosso povo.

Situação Didática
1. Fazer uma roda de conversa sobre o tema Capoeira, levantar o conhecimento prévio dos alunos
2. Propor que conheçam a história do Maré Capoeira através do filme
3. Conversar sobre a importância da diversidade cultural e das diversas manifestações culturais, e o quanto às pessoas precisam ter acesso a essa informação.
4. Propor que façam um material multimídia sobre a Capoeira para ser entregue a Biblioteca do Bairro.
5. Dividir a classe em grupos para efetivar as tarefas do CD-Rom " "Capoeira- Contos e Cantos"

Grupo 1- Pesquisará a origem da Capoeira e fará um texto.
Grupo 2- Pesquisará os grandes mestres da Capoeira e suas histórias
Grupo 3- Pesquisará as músicas de rodas de Capoeira
Grupo 4- Entrevistará um mestre de Capoeira
Grupo 5- Fará um filme sobre a Capoeira
6. Conversar com o grupo a importância de se fazer um material que irá compor o acervo de uma biblioteca. A fidedignidade das informações, citações de autoria, um texto conciso e coerente e ainda a fluência e ortografia do texto.
7. Cada grupo deverá pesquisar seu tema e socializar com os grupos a sua produção

Dica: O texto sobre a capoeira pode ser em forma de conto.
A biografia dos mestres pode conter fotos e curiosidades.
As músicas podem ser ensaiadas e gravadas por toda a turma. (Pode ser gravada em um aparelho de MP3 ou no próprio computador).
Deve-se trabalhar o portador textual entrevista, para que os alunos compreendam a complexidade da ação.
O filme sobre Capoeira pode ser feito no MovieMaker, após a realização das outras tarefas, sendo um elemento que compreenderá as pesquisas dos outros grupos.

8. Analisar algumas capas de CD-Rom e verificar o layout, informações necessárias, etc.
9. Cada aluno pode fazer uma sugestão de capa para o CD-Rom
10. Eleger através de votação a capa do CD-Rom "Capoeira- Contos e Cantos" mais bonita.

Dica: Incentive a criatividade dos alunos, eles podem usar colagens, montagens, desenhos, etc

11. Scannear a capa e reproduzi-la.
12. Planejar a visita de entrega do CD-Rom "Capoeira- Contos e Cantos"

Dica: fotografe esse evento , pois ele faz parte do processo

13. Avaliar com os alunos como foi participar deste projeto, o que aprenderam e ensinaram.


Comentários
Saiba mais em:


Links de ONGS que valorizam a cultura afro http://www.portalafro.com.br/entidades/entidades.htm

Site que discute a origem da capoeira
http://www.capoeiradobrasil.com.br/
http://capoeira_regional.vilabol.uol.com.br/

Pedagogo Autor do Plano de Aula
José Manuel Moran


Formação: Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes.
Atividades Profissionais: Diretor acadêmico da Faculdade Sumaré - SP; Especialista em avaliação de cursos superiores a distância; Professor aposentado da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.
Publicações: no último ano : MORAN COSTAS, José Manuel (Org.) ; MORAN, J. M. (Org.) ; MASETTO, M. T. (Org.) ; BEHRENS, M. (Org.) . Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. 10ª. ed. Campinas, SP: Papirus Editora, 2006. 173 p.
Nível: Ensino Superior
Instituição: Faculdade Sumaré | São Paulo | SP