Cartão Vermelho


Assista nos planos:

Fernanda gosta de jogar futebol com os meninos. Joga bem, dribla, faz gol. Mas, para essa moleca de 12 anos, o apogeu de sua intimidade com a bola é fazê-la voar reta, direta, até o saco dos meninos. Então, ela sorri. Certo dia, ela chega correndo para o bate-bola, atrasada, mas não encontra ninguém. Os meninos estão no esconderijo. Fernanda sabe onde é, mas nem imagina o que eles tramam!
2º Melhor Curta no Festival Internacional de Santiago em 1994
Melhor Atriz no Festival de Brasília em 1994
Melhor Atriz no Festival Universitário do Rio em 1995
Melhor Curta de Ficção no Festival do Ceará em 1995
Melhor direção no Festival Guarnicê do Maranhão em 1995
Melhor direção no Festival Universitário do Rio em 1995
Melhor direção no Rio Cine em 1995
Prêmio da Crítica no Festival de Brasília em 1994
Prêmio Estímulo no Secretaria de Estado da Cultura/SP em 1993
Prêmio Revelação no Festival de Cuiabá em 1994
Festival Internacional de Curtas de São Paulo
Festival de Brasília
Festival de Huelva
Festival de Cuiabá
Rio Cine
Festival de Caracas
Festival Internacional de Santiago
Festival do Ceará
Festival Universitário do Rio
Festival Guarnicê do Maranhão
NY Film Festival
Festival de Dresden
Synapse Produções Ltda
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
14 min
1994
Brasil
SP
12 ANOS

Diretor: Lais Bodanzky

Elenco: Camila Kolber, Francisco Rojo

Sinopse: Fernanda gosta de jogar futebol com os meninos. Joga bem, dribla, faz gol. Mas, para essa moleca de 12 anos, o apogeu de sua intimidade com a bola é fazê-la voar reta, direta, até o saco dos meninos. Então, ela sorri. Certo dia, ela chega correndo para o bate-bola, atrasada, mas não encontra ninguém. Os meninos estão no esconderijo. Fernanda sabe onde é, mas nem imagina o que eles tramam!

Alugue