Meu Medo


Assista nos planos:

Independente de sua causa, o medo geralmente faz com que os sentidos da visão, da audição sejam instantaneamente aguçados. O ser amedrontado permanece imóvel, sem respirar, ou então se esconde em uma reação instintiva de escape à observação. O coração bate rápida, violentamente. A respiração acelera. As pupilas dilatam. Os olhos permanecem abertos.
Melhor Animação no Animation Block Party em 2011
Melhor Animação no Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro em 2010
Melhor Animação no FANTASPOA - Festival Internacional de Cinema Fantástico em 2010
Melhor Direção de Arte no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Melhor Direção de Arte no Mostra Marília de Cinema em 2010
Melhor Diretor no Cine Ceará em 2010
Melhor Diretor no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Melhor Filme no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Melhor Filme - Júri Popular no Animaldiçoados em 2011
Melhor Filme - Júri Popular no Festival do Juri Popular em 2011
Melhor Montagem no Festival do Juri Popular em 2011
Melhor Montagem no Festival Internazionale del Cortometraggio di Resana em 2011
Melhor Roteiro no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Melhor Roteiro no Mostra Marília de Cinema em 2010
Melhor Som no ANIMAGE - Festival Internacional de Cinema de Animação em 2011
Melhor Som no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Menção Honrosa no Mostra Londrina de Cinema em 2010
Prêmio Aquisição Porta Curtas no Festival do Juri Popular em 2011
Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro
Mostra Londrina de Cinema
Curta Cinema
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
11 min
2010
Brasil
PR
LIVRE

Diretor: Murilo Hauser

Sinopse: Independente de sua causa, o medo geralmente faz com que os sentidos da visão, da audição sejam instantaneamente aguçados. O ser amedrontado permanece imóvel, sem respirar, ou então se esconde em uma reação instintiva de escape à observação. O coração bate rápida, violentamente. A respiração acelera. As pupilas dilatam. Os olhos permanecem abertos.

Alugue