O Amor do Palhaço


Assista nos planos:

O fim. Grete, personalidade da praia de Canoa Quebrada, está morto. Sua história retrocede no tempo, momentos da vida desvendam sua trajetória até o instante em que é tomada a fatídica decisão de abandonar o Circo Máximo e aventurar-se sozinho. O começo do fim.<br><br><i>Baseado na crônica O Amor do Palhaço, de Antero Pereira Filho</i>
Melhor Ator no Cine Ceará em 2006
Melhor Ator no Cine PE em 2006
Melhor direção no Goiânia Mostra Curta em 2006
Melhor Direção de Arte no Cine Ceará em 2006
Melhor Ficção no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe em 2006
Melhor Filme no Festival Mix Brasil em 2006
Melhor Fotografia no Vitória Cine Vídeo em 2006
Melhor Montagem no Guarnicê de Cine e Vídeo em 2006
Melhor Primeiro Plano no Primeiro Plano - Festival de Cinema de Juiz de Fora em 2007
Melhor Roteiro no Guarnicê de Cine e Vídeo em 2006
Melhor Roteiro no Vitória Cine Vídeo em 2006
Menção Honrosa - Ator no Guarnicê de Cine e Vídeo em 2006
Prêmio aquisição Canal Brasil no Cine PE em 2007
Prêmio Samburá da Fundação Demócrito Rocha no Cine Ceará em 2007
Festival Internacional de Curtas de São Paulo
Mostra de Cinema de Tiradentes
Brasil Plural
Mostra Curta Pará Cine Brasil
Curta Canoa
Mostra Cinema Conquista
Curta Petrobrás às Seis
Synapse Produções Ltda
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
15 min
2005
Brasil
CE
12 ANOS

Diretor: Armando Praça

Elenco: Claudio Jaborandy, Edson Brandão, Luis Miranda, Marta Aurélia, Pedro Domingues, Sidney Souto, Tatiana Amorim

Sinopse: O fim. Grete, personalidade da praia de Canoa Quebrada, está morto. Sua história retrocede no tempo, momentos da vida desvendam sua trajetória até o instante em que é tomada a fatídica decisão de abandonar o Circo Máximo e aventurar-se sozinho. O começo do fim.

Baseado na crônica O Amor do Palhaço, de Antero Pereira Filho

Alugue